Recém Diagnosticado Tipos diferentes de mieloma

Existem tipos e sub-tipos diferentes de mieloma. Eles são baseados no tipo de imunoglobulina (proteína) produzida pela célula do mieloma. Normalmente as várias imunoglobulinas têm diferentes funções no organismo. Cada proteína de imunoglobulina é feita de duas cadeias pesadas e duas cadeias leves (veja figura 1). Existem 5 tipos de cadeias de proteínas pesadas: G,A, M, D e E. O tipo do mieloma identifica tanto as cadeias leve como pesadas (feito com o teste chamado “imunofixação”). Cerca de 65% dos pacientes tem o tipo de mieloma IgG (imunoglobulina G) com cadeias leve Kappa ou Lambda. O outro tipo mais comum é o IgA (imunoglobulina A) também com cadeias leve Kappa ou Lambda (veja tabela 3). Os tipos de mieloma IgM, IgD e IgE são raros.

Aproximadamente 30% dos pacientes produzem cadeias leves na urina, bem como cadeias leve e pesada no sangue  (por exemplo: IgG Kappa). Em cerca de10% dos pacientes as células de mieloma produzem somente cadeias leves e nenhuma cadeia pesada. Isto é chamado de mieloma “cadeia leve” ou “Bence Jones”. Raramente (cerca 1-2%) as células de mieloma produzem muito pouco ou nenhum tipo de proteína monoclonal. Isso é chamado de mieloma “não secretor”. No entanto um teste desenvolvido recentemente chamado teste Freelite pode detectar quantidades mínimas de cadeias leves no sangue na maioria destes pacientes.

Existem pequenas diferenças no comportamento dos diferentes tipos de mieloma. O IgG apresenta as características comuns do mieloma. O tipo IGA pode às vezes ser caracterizado por tumores fora do osso. O tipo IgD pode ser acompanhado por leucemia dos plasmócitos e causa danos renais com mais freqüência. Os mielomas com Bence Jones ou cadeia leve são os que têm maior probabilidade de causar danos renais, levar a deposito de cadeias leve nos rins e/ou nos nervos ou outros órgãos. Esta condição é chamada amilóide ou deposição de cadeia leve.

AgenciaLink