Notícias e Destaques ASCO 2014 - Estudos Clínicos: PANORAMA 1 (medicamento: panobinostat)

O estudo PANORAMA 1 demonstrou na ASCO resultados promissores para o tratamento de pacientes com mieloma múltiplo (MM). A apresentação de Paul Richardson, da Harvard Medical School, mostrou que o ensaio clínico duplo-cego randomizado, de fase III, atingiu o desfecho de sobrevida livre de progressão (SLP).

A investigação reuniu 215 centros, em 34 países, com a participação de 768 pacientes com MM refratário, com idade média de 63 anos. Como critério, foram elegíveis pacientes sem resistência ao bortezomibe que receberam pelo menos um dos três regimes de primeira linha.

Na amostra selecionada, 48% dos pacientes haviam recebido apenas duas linhas de tratamento e 57% realizado transplante autólogo de células-tronco.

Os pacientes foram estratificados em grupos, de acordo com a terapia prévia, para receber panobinostat (387 pacientes) ou placebo (381 pacientes) em regime de combinação com a administração intravenosa de bortezomibe mais dexametasona.

O panobinostat foi administrado em oito ciclos e os pacientes que tiveram boa resposta clínica receberam bortezomibe e dexametasona. Após essa etapa, os pacientes que novamente tiveram benefício clínico foram encaminhados para receber a segunda fase, quando a administração de bortezomibe e dexametasona foi reduzida.

Depois de um seguimento de 28 meses, a combinação de panobinostat, bortezomib e dexametasona foi associada a uma melhoria significativa na comparação com placebo, com a mediana de sobrevida livre de progressão (SLP) de 12 meses e 8.1 meses, respectivamente (hazard ratio 0.63, 95% CI [0.52-0.76]; p < 0.0001), o que significa ganho de mediana de sobrevida de 3,9 meses no braço tratado com panobinostat. Não houve diferença na sobrevida global entre panobinostat e o braço placebo.

Fonte: ONCONEWS

05/06/2014