Notícias e Destaques Grupos de apoio como espaço para acolhimento e fortalecimento de pacientes e cuidadores

Os grupos de apoio são reuniões organizadas por pessoas que passam por situações parecidas em suas vidas.  Um grande ganho em participar deste tipo de encontro é poder se espelhar em pessoas que já tiveram sucesso enfrentando as mesmas dificuldades, além de poder compartilhar suas experiências, medos e ansiedades.  Os grupos de apoio podem ser mistos entre pacientes e familiares, ou focados em um ou outro atendimento.

Embora falar dos nossos problemas não garanta que possamos resolvê-los, falar de nossa ansiedade e angústia muitas vezes nos torna mais leves, e principalmente mais conscientes sobre o que estamos passando.

Ter um espaço para falar das dificuldades para pessoas que compreendem exatamente nossa situação é um grande privilégio, pois evitamos as críticas, julgamentos e até explicações muitas vezes cansativas sobre um quadro clínico, ou uma sintomatologia específica, medicações, tratamentos, etc.

A primeira dificuldade é de que todos se sintam à vontade para expor seus sentimentos e pensamentos nas reuniões.  As vezes as pessoas evitam participar por este receio. Mas quando essa primeira barreira é quebrada, o benefício de trocar experiências e informações traz um grande conforto aos participantes.

Sejam grupo mistos ou direcionados, além de poder falar sobre as dificuldades diárias, é possível trocar informações sobre medicamentos, tratamentos, locais de atendimento e demais particularidades que acompanham o quadro clínico de cada doença.

Levantar estratégias de enfrentamento em grupo também é uma maneira de fortalecer e motivar os participantes a tentarem novas formas de abordarem seus problemas.

Quando estamos em grupo nosso sentimento de pertencimento aumenta e a sensação de exclusão social diminui.  Descobrir que outras pessoas também já passaram, e até venceram, as mesmas dificuldades pelas quais passamos é um grande item motivador.

Veja os principais benefícios em participar de um grupo de apoio:

1.    O principal deles é estar em contato com pessoas que estão passando por situações parecidas com as suas

2.    Conhecer mais sobre a doença e os tratamentos

3.    Conquistar qualidade de vida por meio de sugestões e discussão de alternativas e possibilidades

4.    Aceitação positiva e saudável da situação em casa, da doença, das dificuldades

5.    Troca de experiências pessoais e suporte emocional, com oportunidade de melhorar a convivência e buscar alternativas e estratégias para lidar com a rotina

6.    Oportunidade de conhecer e estar em contato com novas pessoas

7.    Poder falar sobre suas dificuldades e ser ouvido

8.    Compreender os companheiros e apoiá-los, gerando uma satisfação imensurável

Portanto não perca tempo e procure um grupo em sua região.

Você vai perceber que quanto mais você ajuda, você é quem sairá ganhando!

 

**********************

Erika Scandalo -  especialista em Psicologia Clínica, escreve sobre a vida e diferentes formas de aproveitá-la.  Acredita que a felicidade é consequência de uma visão proativa sobre as dificuldades.  Ser feliz é mais um olhar sobre o que se tem, do que ter tudo o que se quer.