Histórias de Pacientes Zuleide Alves Pereira
zuleide50@hotmail.com

Descobri o mieloma em agosto de 2008, comecei a sentir os sintomas em fevereiro. No carnaval fui viajar pra Foz Do Iguaçu. Fomos de carro, e quase que pedi pra voltar antes de chegar lá, pois senti muita dor nas costas. Foi horrível. Quando voltei de viagem, comecei a perambular em consultórios médicos, e todos diziam que era problema na coluna, até mesmo os exames davam os resultados errados. O diagnóstico era osteoporose, no entanto eu nunca concordei. Na época eu tinha 53 anos, mas com vigor de uma menina de 20 anos,  pois eu tinha uma vida bem movimentada. Corria 12 Km todos os dias, fazia natação 3 vezes na semana e musculação todos os dias.

Na minha cabeça, uma pessoa com tantas atividades era impossível ter osteoporose. A doença só foi descoberta quando o meu sistema nervoso travou. Sai de casa com o carro do resgate e fiquei 15 dias internada pra que fosse feitos exames.

Descobri o diagnóstico do mieloma por meio de um exame de mielograma. Acho que este exame poderia ser incluído nos exames de rotinas, assim seriam poupadas muitas vidas, não é mesmo? Atualmente, muitos pacientes descobrem a doença em estágio avançado, trazendo assim muito sofrimento aos pacientes e familiares.

Fiz o transplante em 2009. Foi um sucesso, até voltei a uma rotina normal. Porém, no mês de maio deste ano, comecei a sentir que tinha algo de errado comigo. Fiz os exames e constatei o que mais temia, a doença estava ativa. Vou começar o tratamento com o Velcade. Estou muito confiante, tenho certeza que com a ajuda de Deus, o meu salvador, tudo vai da certo, é só confiar!.

Zuleide.

Participe. Conte você também a sua história. Clique aqui!