Histórias de Pacientes Ana
anadepretto@gmail.com

O que eu aprendi com o mieloma múltiplo, por Ana Pretto: minha mãe adquiriu a doença e foi abençoada por Deus, nosso Pai por ter dado um médico extremamente competente, descoberto a doença muito no início e estar sendo muito bem tratada!

Descobri com o mieloma múltiplo que essas histórias de internet nos deixam pra baixo, pois cada ser humano é único e a história de cada um será diferente da outra. Como a de minha mãe que  está sendo diferente da maioria que ouvi.  As pessoas não devem jogar a dor na internet, para isso devem procurar ajuda de um terapeuta. Se for publicar, seja otimista... se não dá, conte sua história sem rancor ou amargura - a doença, o contratempo, o imprevisto vem pra todos.

Minha mãe está bem e melhorando na medida do possível! O apoio do marido e dos amigos está sendo essencial.  É isso... ela está feliz e vai continuar... porque temos fé em Deus! Conheço gente que descobre um câncer e morre de outras coisas, lembrem-se disso! Quem vai pro hospital, esperando achar um lugar bonito e alegre, precisa crescer pra vida, pois ainda terá outras surpresas: traição de amigos, morte de entes queridos, perda de empregos.

A vida vai te surpreender e muito... É óbvio que ninguém merece o mieloma múltiplo, mas também não temos o direito de reclamar, pois assim como estamos na Terra, temos um Pai no céu que olha por nós e quando chamamos por ele, temos os melhores remédios, os melhores médicos. Não destrua, aprenda a construir... ;) Uma vez que os exames chegaram nas suas mãos, não tem botão de volta... é daqui pra frente... a decisão é nossa! Foi o mieloma que ensinou isso? Não sei, acho que a vida... ele é só mais uma pedra, que vamos tirando... uma hora ele some!

 

Participe. Conte você também a sua história. Clique aqui!