Histórias de Pacientes Wanda Pinheiro
contato@myeloma.org.br

“Em agosto de 2008 eu recebi um diagnóstico de Mieloma Múltiplo, após alguns anos com sintoma de dor na coluna lombar e alguma anemia. Após investigação em várias especialidades médicas, vim a ter o diagnóstico! Imediatamente iniciei o protocolo de tratamento. Foram 6 ciclos com Taledomida + Dexametazona e Ciclofosfamida em altas doses! Os efeitos colaterais se manifestaram em forma de neuropatia periférica...algumas crises agudas no primeiro mês! Porém os ajustes nas dosagens equilibraram o tratamento, e não parei, até estar pronta para o transplante. Enfim em fevereiro /de 2009 fiz o TMO passando por todas as etapas com sucesso ! Alta em abril de 2009! Segui a manutenção com Taledomida por alguns anos! De lá para cá, encontro-me em remissão à 11 anos sem recidiva e sem nenhuma medicação. Sou disciplinada com os meus exames de rotina! Minha vida sempre foi normal em todos os aspectos. Procuro sem obsessão e extremismos, manter uma alimentação sadia, exercícios físicos, cuidar de mim e refazer energias, através de uma boa noite de sono, importante para mim! Fundamentalmente eu me mantenho positiva para enfrentar a vida! Sim!!!A vida segue, e não estamos blindados contra as intercorrências naturais dela! Não me intitulo sobrevivente e nem cultuo o estigma da doença sem cura ! Eu vivo plenamente , como se o MM fosse um fato acontecido para realinhar a minha escala de valores , definindo o que realmente importa na vida para mim. O MM me despertou para uma consciência da finitude da minha existência, e isso é incrível e desafiador. Reafirmar e ser quem eu sou..é libertador , pois as coisas tornam-se simples e claras. Eu também me tornei mais lúcida em relação ao tempo, e a urgência de viver o aqui e agora,me sentindo mais sensível ao que me rodeia! Eu renasci realmente, e garanto que as cores da vida são mais vibrantes. Procuro ajudar a quem me procura, transmitindo por meio da minha experiência confiança, informações e coragem nesse momento! Nao faço projetos a longo prazo! E...por último e mais importante..a minha conexão espiritual com Deus é diária e constante! Eu sou, e sempre serei grata ao milagre da minha VIDA”.

Participe. Conte você também a sua história. Clique aqui!