Notícias e Destaques Lenalidomida (Revlimid)

Ensaio do EGOC sobre Mieloma Múltiplo Recém-Diagnosticado Fase III (E4A03) Informa que a LENALIDOMIDA com uma Dose Baixa de Dexametasona sugere aumento de sobrevivência, em pacientes com mieloma múltiplo.

A Celgene Corporation (Nasdaq: CELG) anunciou que o Eastern Cooperative Oncology Group (ECOG) informou que as análises preliminares, da sua Comissão de Avaliação de Dados (DMC) dos resultados de um grande ensaio clínico Aleatório em pacientes com mieloma múltiplo recém-diagnosticado, descobriram que o uso de uma dose baixa de dexametasona (Decadron) em combinação com Lenalidomida sugere aumento de sobrevivência dos pacientes, em comparação com uma dosagem padrão mais elevada de dexametasona que é usada em combinação com a Lenalidomida para tratar a doença.

O REVLIMID (lenalidomida) está aprovado pela U.S. Food and Drug Administration para uso como tratamento em combinação com a dose padrão de dexametasona em pacientes com mieloma múltiplo que receberam já, pelo menos, um tratamento anterior. O REVLIMID está também aprovado para tratamento em pacientes com anemia dependentes de transfusão devido ao risco baixo ou intermédio-1 de sindromes mielodisplásicos (MDS) associados à anomalia de deleção de 5q citogenética com ou sem outras anomalias citogenéticas. O REVLIMID recebeu, recentemente, opinião positiva da European Medicines Agency (EMEA) para uso combinado com dexametasona, no tratamento de pacientes com mieloma múltiplo que receberam, pelo menos um tratamento anterior.

Sobre o REVLIMID(R)

O REVLIMID é um composto IMiDs(R), membro de um grupo de novos agentes imunomoduladores com direitos de propriedade. O REVLIMID e outros compostos IMiDs continuam a ser avaliados em cerca de 75 ensaios clínicos num vasto leque de doenças oncológicas, tanto em cancêr de sangue como em tumores sólidos. A difusão de IMiDs está coberta por uma patente de propriedade intelectual nos EUA e por registros de patente emitidos ou pendentes no estrangeiro incluindo patentes de composição e utilização.

Sobre o ECOG

O Eastern Cooperative Oncology Group (ECOG) foi criado em 1955 como um dos primeiros grupos cooperativos lançados para levarem a cabo ensaios clínicos do cancer em múltiplos centros. Fundado pelo National Center Institute (NCI), o ECOG evoluiu de um consórcio instituições com cinco membros da Costa Oriental para uma dos maiores organizações de investigação de câncer dos EUA, com quase 6000 médicos, enfermeiros, farmacêuticos, técnicos de estatística e associados da investigação médica (CRAs) dos EUA, Canadá e África do Sul. Os membros institucionais incluem universidades, centros médicos, Community Clinical Oncology Programs (CCOPs) e Cooperative Group Outreach Programs (CGOPs). Estas instituições trabalham para um objetivo comum de controlar, tratar eficazmente e em última instância curarem o cancer. Resultados da investigação são proporcionados à comunidade médica mundial através de publicações científicas e reuniões profissionais.

Sobre Celgene

A Celgene Corporation, sedeada em Summit, Nova Jersey, é uma empresa biofarmacêutica global e integrada, empenhada basicamente na descoberta, desenvolvimento e comercialização de terapias inovadoras para tratamento do câncer e de doenças inflamatórias através da regulação de proteínas e de genes. Para maiores informações, visite www.celgene.com .

Esta difusão contém declarações de expectativa que estão sujeitas a riscos conhecidos e desconhecidos, atrasos, incertezas e outros fatores que a empresa não controla e que podem fazer com que os resultados reais, o desempenho e realizações da empresa sejam diferentes dos resultados, desempenho ou outras expectativas expressas ou implícitas nestas declarações de expectativa. Estes fatores incluem resultados de investigação atual ou pendente e de atividades de desenvolvimento, ações da FDA e de outras autoridades reguladoras e outros fatores descritos nas fichas da empresa junto da Securities and Exchange Commission como os relatórios 10K, 10Q e 8K.

Distributed by PR Newswire on behalf of Celgene Corporation

16/04/2007