Notícias e Destaques Anvisa aprova medicamento para tratar mieloma múltiplo desde a fase inicial da doença

Uso antecipado da nova droga – Velcade® (bortezomibe) - aumenta taxa de sobrevida de pacientes vítimas do segundo tumor hematológico mais frequente no mundo!

São Paulo, 22 de Setembro de 2010 - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) acaba de aprovar Velcade® (bortezomibe) para o tratamento de pacientes com mieloma múltiplo desde o a fase inicial da doença. A nova indicação do medicamento, usado até então para tratar pacientes em estágio tardio dessa doença, beneficiará os pacientes com um aumento na sobrevida e a redução do risco de morte de até 35%. Velcade® está aprovado em mais de 90 países e é um dos medicamentos líderes de mercado no tratamento do mieloma múltiplo, com mais de 160 mil pacientes tratados em todo o mundo.

“A aprovação de Velcade® para uso na fase inicial da doença no Brasil representa um grande benefício aos pacientes. Isto porque o uso precoce desse medicamento proporciona maiores taxas de resposta e sobrevida.”, afirma o hematologista Dr. Carmino Antonio de Souza, presidente da Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

A decisão da Anvisa foi baseada nos resultados do estudo fase 3, intitulado VISTA, realizado com mais de 600 pacientes de vários países do mundo. Os resultados mostraram superioridade altamente significativa de eficácia, em comparação com o tratamento padrão. Particularmente, as taxas de resposta completa foram semelhantes àquelas alcançadas com transplantes e levaram à melhora da sobrevida geral. 

Sobre a doença

O mieloma múltiplo (MM) é o segundo tumor hematológico (do sangue) mais comum no mundo, representando cerca de 1% de todos os casos de neoplasia (câncer maligno). Ele ocorre devido ao crescimento descontrolado de células plasmáticas – produzidas na medula óssea – que se acumulam na medula óssea e causam problemas nos ossos e rins, anemia, fraturas e infecções. É mais predominante em pessoas com mais de 60 anos.

De acordo com estudo realizado pela Santa Casa de São Paulo sobre a doença, apenas 5% das pessoas diagnosticadas com mieloma múltiplo no Brasil descobrem o câncer em exames de rotina, ainda no início da doença, número que salta para 25% nos Estados Unidos. No Brasil, a estimativa é de quatro casos de mieloma múltiplo para cada 100 mil habitantes. Nos EUA, são registrados 19 mil novos casos anualmente.

A doença pode ser controlada em mais de 80% dos casos, desde que o tratamento seja feito corretamente e principalmente desde sua fase inicial. Com a melhora do paciente, os ossos se regeneram e é possível até mesmo voltar a praticar atividade física normal.

Fonte: Estudo Vania Hungria, professora de Hematologia e Oncologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Sobre a Janssen-Cilag

A Janssen-Cilag é uma indústria farmacêutica reconhecida pela inovação em pesquisa e desenvolvimento de medicamentos e serviços de alta qualidade. Opera mundialmente, atendendo as diversas necessidades médicas e farmacológicas. A empresa está no Brasil há 75 anos e comercializa 60 medicamentos. É pioneira em biomedicina e na produção de imunológicos, além de ser referência no tratamento da dor, oncologia, transplantes, infectologia, cardiologia, sistema nervoso central, saúde da mulher, nefrologia e doenças gastrintestinais.

Mais informações sobre a Janssen-Cilag no site www.janssen-cilag.com.br

30/09/2010