Notícias e Destaques The New England Journal of Medicine publica estudo sobre Mieloma

 

O artigo fala sobre o uso do tratamento contínuo com a droga oral REVLIMID®  para pacientes de Mieloma recém-diagnosticados, seguido de um transplante de células tronco.
 
Três estudos publicados no The New England Journal of Medicine (NEJM) na semana passada, demonstram que o tratamento de manutenção a longo prazo melhora os resultados e mais do que duplica o tempo das remissões.
Estudos cobrem a terapia contínua com o REVLIMID®  em pacientes com Mieloma recém-diagnosticados, e tratamento de manutenção com REVLIMID®  após o transplante de células tronco.
Dois estudos, um da França e outro dos EUA, demonstraram que a terapia de manutenção com REVLIMID®, após um transplante autólogo, mais do que dobrou a duração da remissão. O estudo americano também relata que o tratamento melhora a sobrevida geral.
Um terceiro estudo da Itália, demonstrou que o REVLIMID® usado no tratamento inicial de pacientes com mais de 65 anos, geralmente não elegíveis ao transplante, seguido do REVLIMID®  no tratamento de manutenção, também, mais do que dobrou o tempo para progressão da doença e melhorou a sobrevida: 70% de sobrevida em 3 anos com este tratamento, comparado a 62% sem a manutenção.
Estes estudos foram conduzidos pelo Cancer and Leukemia Group B – CALGB (patrocinado pelo U.S. National Cancer Institute), pelo French Francophone Myeloma Intergroup - IFM e pela Universidade de Torino, na Itália.
As novas terapias, incluindo REVLIMID®  e VELCADE® , transformaram o tratamento do Mieloma. Com estudos como estes, os médicos estão descobrindo novas e melhores maneiras para utilizar esses avanços.
 
15/05/2012