Notícias e Destaques IMF lidera a busca pela cura

O Caminho para a Cura

 

A IMF liderando a busca

 

A International Myeloma Foundation está comprometida com a busca da cura. É o ponto-chave da nossa missão.

 

As oportunidades para prevenção e cura são ilustradas na imagem:  

 

Com estudos recentes, o objetivo é alcançar a cura por intervenção decisiva precoce para o mieloma latente ou ativo. Para avaliar o sucesso, é essencial utilizar teste sensível, fiável, e prático para a DRM – Doença Residual Mínima

 

 

A Realidade da Cura para Pacientes de Mieloma

Para uma doença qual a recidiva recorrente tem sido comum, a possibilidade de cura é uma oportunidade empolgante, mas é importante considerar a cura de três maneiras:

  

 

O mieloma múltiplo é diferente de outros cânceres. Pode continuar por muitos anos na medula óssea ou nos tecidos de um paciente que está se saindo extremamente bem e em uma excelente remissão, sem levar a um crescimento ativo ou recidiva.

Porém, novas terapias eficazes de mieloma múltiplo estão propiciando remissões mais longas e a "cura" está entrando em foco de três maneiras diferentes:

 

 

 

A cura funcional: é quando um paciente está em remissão prolongada, mas sabe-se que ainda existe uma pequena quantidade de mieloma, com base em testes de acompanhamento. Esses pacientes são o foco de pesquisas ativas no projeto da Black Swan Research Initiative® (BSRI), para entender e aprimorar o controle imunológico do mieloma residual e prevenir que o mieloma volte a crescer.

 

 

 

A sobrevida relativa normal: é outra maneira de considerar a cura. Nesse caso, o paciente com mieloma está em remissão prolongada e chegou a um ponto em que sua sobrevida é igual ou melhor do que outra pessoa do mesmo sexo e idade. Nesse caso, o paciente sucumbe a doenças "normais" dos idosos, como doenças crônicas, doenças cardíacas e similares. Essas condições simultâneas são conhecidas como comorbidades. 
 

 

 

A cura verdadeira é o objetivo e com certeza o mais difícil de confirmar. Não importa qual a sensibilidade dos testes para DRM, Doença Residual Mínima, sempre há dúvida de que uma pequena quantidade de mieloma possa estar escondida em algum lugar!