Notícias e Destaques O NOVO COVID-19: Informações e recomendações essa semana.

Os dados mais recentes do COVID-19, novas orientações sobre máscaras e inspiração para a primavera: atualização do paciente com mieloma desta semana

 

 

Como todos nós ajustamos ao distanciamento físico para impedir a propagação do coronavírus, podemos melhorar nossa resiliência mantendo conexões sociais e continuando a participar de atividades. Acontece que não somos os primeiros a experimentar esse tipo de auto isolamento. Estamos revivendo a história. Em 27 de julho de 1377, um quarentino (quarentena) de 40 dias foi implementado em Dubrovnik. Foi feito para impedir a propagação da denominada peste bubônica que devastou a Europa, especialmente em Veneza, um centro comercial da época. O isolamento de 40 dias foi uma extensão de 30 dias (trentino), que se mostrou insuficiente. As mercadorias e o correio enviados também foram colocados em quarentena e fumigados usando várias técnicas.

Tudo isto DE FATO ajudou. O Mundo realmente passou daquela fase.

 

O NOVO COVID-19: Informações e recomendações essa semana.

·      Islândia: os dados coletados na Islândia continuam sendo importantes. Até agora, aproximadamente 17.900 pessoas (5% da população total) foram testadas para a infecção por COVID-19. Os resultados iniciais revelam que 1% da população islandesa é positiva e destes 50% não apresentavam sintomas. A intenção é testar aproximadamente 13% da população (cerca de 50.000 pessoas).

·      Contágio assintomático:as evidências atuais apoiam fortemente a ideia de que indivíduos assintomáticos são capazes de propagar o vírus, como mostra os estudos alemães e asiáticos. Durante a infecção precoce, há um alto nível de disseminação de vírus na região da garganta.

·      Rastreamento de contatos: na Islândia, a disseminação de vírus por indivíduos assintomáticos desencadeou um rastreamento agressivo de contatos para identificar todos os que podem estar infectados, impor o auto isolamento e limitar a disseminação. Este protocolo tem trabalhado para limitar o número de novos casos, que demonstraram funcionar na Ásia. Também permitiu a identificação de fontes específicas de infecção, como Itália, Áustria / Reino Unido e até na costa oeste dos EUA. A identificação de sub-mutações específicas do COVID-19 está fornecendo entendimento adicional relacionado à gravidade variável da padrões de doenças observados.

 

Recomendações de Segurança para Pacientes de Mieloma

Esta semana, as recomendações permanecem praticamente as mesmas que você encontrará na página Segurança do paciente com mieloma da IMF e na página Coronavírus. 

Como vimos nas notícias todos os dias, sugestões detalhadas de gerenciamento continuam a evoluir.

 

Destaques desta semana:

·      Máscaras: elas podem reduzir a disseminação do COVID-19 por indivíduos infectados que nem sabem, pois não apresentam sintomas. O Dr. George Gao, Diretor Geral do Centro Chinês de Controle e Prevenção de Doenças, disse em uma entrevista que acredita que não usar máscaras é um grande erro. E hoje, foi relatado que a Casa Branca deve recomendar que todos os americanos usem máscaras de pano para impedir a propagação do coronavírus. Um relatório de 1º de abril da Academia Nacional de Ciências sobre a propagação de gotículas com o COVID-19 apresenta que pode haver contágio do vírus a partir de conversas comuns entre pessoas, através da respiração. Se você precisar interagir com a equipe de saúde ou indivíduos em locais públicos, é importante que eles estejam usando máscaras. Caso contrário, você precisa ser devidamente cauteloso.

 

·      Riscos de graves consequências da infecção: os dados continuam mostrando que fatores importantes são:

·      Idade: especialmente acima dos 70 anos.

·      Doençascrônicas:como diabetes, doenças crônicas dos pulmões / rins / cardiovasculares e situações “imunocomprometidas” mal definidas.

·      Para pacientes com mieloma: o transplante autólogo de células-tronco (TMO) é um risco especialmente para a fase de enxerto ou recuperação, quando a infecção por COVID-19 pode atrasar a recuperação do hemograma. Certamente, o TMO é um procedimento a ser adiado por enquanto. Além disso, terapias complexas de substituição de células CAR T precisam ser colocadas em espera.

 

Gerenciando o Mieloma

·      As terapias típicas de mieloma não parecem ser prejudiciais por si mesmas e podem realmente ser úteis não apenas no controle do mieloma, mas também com propriedades anti-inflamatórias, mesmo propriedades antivirais. Alguns agentes, como inibidores de proteassoma e análogos de inibidores de Selinexor ou XPO 1, têm atividade antiviral. As doses dos agentes terapêuticos do mieloma precisam ser monitoradas de perto para evitar baixas contagens sanguíneas, especialmente glóbulos brancos. Simplesmente mudar para doses ligeiramente reduzidas pode ser um ajuste provisório fácil para ser seguro.

·      Esteja ciente de que pode haver escassez geral de medicamentos, o que é uma preocupação. Armazene da maneira responsável os medicamentos necessários. Por exemplo, solicite um suprimento de dois ou até três meses dos principais medicamentos que você faz uso.

 

Homenageando os profissionais da área de saúde e todos aqueles que estão na linha de frente desta crise

As equipes da linha de frente do coronavírus são corajosas e merecem todo o nosso respeito e agradecimento. Neste momento em que a crise se agrava, eles estão literalmente colocando suas vidas em risco todos os dias. MUITO OBRIGADO!

 

Aumentando a Resiliência

 

Para ir em frente a cada dia, precisamos concentrar nossas energias para lidar com esses novos desafios. Pode ser difícil lembrar que vamos superar isso. Como você deve ter notado, apesar da pandemia, a primavera está em plena floração (no hemisfério norte). O artista David Hockney vem registrando uma série de flores deslumbrantes em sua casa na Normandia e ele as tem compartilhado online como uma "pausa das notícias". Essas maravilhas podem nos inspirar a nos conectarmos e sermos sociais, enquanto estivermos distantes fisicamente, e nos esforçamos para sermos gentis e fazermos o melhor para todos.