Notícias e Destaques Sabia que cerca de 30% dos pacientes não apresentam sintomas?

 

O mieloma múltiplo nem sempre apresenta sinais, e por isso, nós separamos algumas possíveis alterações: 

 

Quais são os sintomas?

 

·         30% dos pacientes podem realmente não apresentar sintomas! Neste caso, os sinais de alerta para um possível diagnóstico de mieloma são:

 

o   Aumento total dos níveis de proteínas e/ou aumento nos IgG ou IgA;

o   Proteína anormal na urina;

o   Anemia repentina;

o   Aumento repentino na creatinina sérica.

 

Esses sintomas levam a uma investigação mais profunda.

 

·         Para os outros 70% dos pacientes, os sinais precoces de alerta mais frequentes são:

·          

o   Dores frequentes ou recorrentes nas costas ou outros ossos;

o   Febre ou infecções persistentes (Incluindo herpes zoster);

o   Fadiga;

o   Falta de ar;

o   Hemorragia

 

Os melhores métodos e com melhor custo-efetivo para identificar gamopatia monoclonal de significado indeterminado, mieloma múltiplo indolente, e mieloma múltiplo são:

 

·         Eletroforese de proteína

·         Eletroforese de imunofixação

·         Teste Freelite

 

Descobertas anormais nos exames acima, irão identificar mais de 98% dos casos de alterações nas células plasmáticas. Pode ser identificado que a gamopatia monoclonal de significado indeterminado, mieloma múltiplo indolente e mieloma múltiplo são mais frequentes em afrodescendentes.

 

 

Em caso de dúvidas, não hesite em procurar mais informação. O diagnóstico precoce é o ponto chave para alcançar melhores resultados para o mieloma múltiplo em 2020 e adiante.

 

Lembre-se de que as informações fornecidas aqui não substituem a avaliação médica. Procure um especialista.